Marcelo Rubens Paiva – Malu de Bicicleta

 

Malu de Bicicleta é um romance escrito pelo (maravilhoso) escritor brasileiro Marcelo Rubens Paiva, em 2004. O Marcelo, pra quem não sabe ou não lembra, é o mesmo que escreveu Feliz Ano Velho, outro livro incrível que eu vou resenhar assim que tiver tempo. Malu foi o segundo livro que li nesse ano. Mais um dos que peguei emprestado na biblioteca do CCBNB, mais um livro maravilhoso pra contar pros amigos, fazer A MAIOR propaganda e logo vê-los tecendo elogios ou críticas (nunca se sabe, né?).

Pois é. O livro fala da história do Luiz Mário, ou só Luiz mesmo (é como ele é chamado na maior parte do livro), um galinha por natureza, um daqueles caras que quer comer o mundo inteiro e um pouco mais. O Luiz é bem daquele tipo que pode cantar com conhecimento de causa: já tive mulheres de todas as cores, de várias idades, de muitos amores… Porém, depois de TROCENTAS mulheres, infinitos papeizinhos com telefones rabiscados, um sem-fim de desculpas inventadas para afastar aquelas que queriam mais que uma noite, o Luiz FINALMENTE encontra uma mulher que dá um loop na vida dele: a Malu. A bendita Malu do título entra na vida dele meio que por acaso, faz o Luiz se apaixonar como nunca antes na história dos protagonistas de um livro e faz o cara alterar o status de: galinha para: homem de uma mulher só.
Claro que ele ainda se sente atraído por outras mulheres na história (isso acontece com todo mundo) mas a Malu pegou o coração dele de jeito.

Imagem
O livro foi adaptado para o cinema em 2011, por Flávio Tambellini. No elenco, Marcelo Serrado e Fernanda de Freitas como protagonistas, entre outros nomes. Vou confessar que eu li Malu imaginando o Luiz como o próprio Marcelo Rubens, porque isso acontece com qualquer livro que eu leia: imagino que aquela é uma história que o autor viveu, por mais ficcional que seja, não tem jeito. Mas enfim: o Marcelo Serrado ficou ótimo como Luiz. A Fernanda de Freitas não correspondeu às minhas expectativas como Malu, mas é uma ótima atriz. A meiguice dela superou a estética da Malu que eu havia montado na mente (é muita pretensão a minha, querer que o filme seja exatamente igual ao que eu pensei. HUMPF!). O filme em si, é ótimo. Mas o livro é melhor, garanto. Até porque, o filme não mostra tudo o que o livro fala. É como um intensivão do livro. Mas por ser uma obra do Marcelo, tem aquele humor e aquela sensibilidade que ele usa pra escrever, ou seja, procurou ser fiel à obra (ainda que em partes). Aprovado!
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s